Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


...

por O Principezinho, em 03.04.15

Ela sentiu um rubor a invadir-lhe todo o rosto. Pensou que talvez aquele homem fosse o dono da cabana.
Ele ficou embaraçado com o embaraço dela.

Finalmente ela quebra o silêncio.

- Eu andava por aqui...e perdi a noção do tempo...quando dei por mim era já noite e encontrei esta cabana. Achei que me podia abrigar nela por uma noite, pensei que não tinha dono, mas agora que apareceu...bem...talvez tenha que me ir embora...

O homem sorriu e disse:

- Esta cabana não é minha. É curioso, pois também eu me perdi nas horas do tempo. Creio que será mais prudente esperarmos pelo nascer do dia para encontrarmos o nosso caminho. Espero que não se importe de partilhar a cabana comigo...

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D