Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


...

por Daniela Barreira, em 03.04.15

À medida que se aproximava, o seu coração acelerava. Não é todos os dias que se bate à porta do desconhecido. Não sabia o que o esperava. E foi assim que a encontrou.
Horas antes, também ela caminhou nos mesmos caminhos que o levaram até ali, também ela se deitou a sentir o abraço da relva, o sorriso do lago. Também ela quis fugir para longe... Também ela foi procurar abrigo naquela cabana, abandonada pelo que lhe pareceu desde que lá entrou. Mas isso, ele ainda não sabia. Nem ela. Não se conheciam, não se conhecem, mas encontraram-se. Olharam-se, por instantes. Ele não sabia como pedir abrigo por uma noite. Ela não sabia que homem era aquele, que a olhava com a força de um mundo. Não sabiam nada um do outro, muito menos o que estava para vir...

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D